top of page
Buscar
  • Foto do escritorRenata Tedesco

Conheça 3 habilidades essenciais para o profissional de TI do futuro




A alta demanda por profissionais do setor de TI diz respeito à busca por pessoas qualificadas e com habilidades específicas.


Assim, podemos dizer que não é porque uma empresa precisa de alguém para suprir as demandas da área de tecnologia, que “qualquer profissional”, só por ter uma formação, vai ocupar um determinado cargo e resolver todos os problemas.


Com a crescente evolução da tecnologia e mesmo da internet, cada vez mais as exigências do mercado tech aumentam, fazendo com que os profissionais da área precisem desenvolver novas habilidades para que ganhem espaço e se destaquem diante de seus concorrentes.


E é claro que as competências técnicas são extremamente necessárias na tomada de decisão por um determinado profissional. Mas é importante saber que, para além dessas competências, é necessário considerar também as chamadas “Soft Skills”, que dizem respeito às habilidades interpessoais e até mesmo comportamentais, que moldam o bom profissional de TI do futuro.



Trouxemos neste artigo, 3 dessas habilidades que fazem com que os recrutadores deem prioridade aos candidatos que as possuem. Confira!


1. Capacidade de análise

Chamamos essa habilidade também de “pensamento analítico”, e o objetivo é entender se o profissional tem capacidade de analisar os problemas com precisão, e chegar a soluções adequadas.

Essa habilidade é importante para que o profissional consiga olhar para uma situação e diagnosticar possíveis problemas, muitas vezes antes mesmo que eles ocorram. Além disso, pensamento analítico faz com que o profissional analise, interprete e ainda promova o sucesso de projetos.

Quando o profissional tem a capacidade de analisar as situações de forma efetiva, ele consegue tomar decisões acertadas e ainda prever resultados. Além de tudo, essa capacidade também permite analisar os dados e, a partir deles, realizar o trabalho da melhor maneira.


2. Facilidade de trabalhar em equipe

Essa habilidade se encaixa em praticamente todos os setores do mercado de trabalho, já que a maioria das ocupações exige a mão de obra de mais pessoas trabalhando em conjunto.

Lidar com pessoas que têm pensamentos diferentes, além de precisar trabalhar com elas em projetos e demandas, exige a habilidade de trabalhar em equipe, que hoje deixou de ser um diferencial e passou a ser necessidade.

No setor de tecnologia, a necessidade de saber trabalhar em equipe aumenta ainda mais, sobretudo para posições de liderança. Isso acontece porque os projetos de programação e TI são, na maioria das vezes, grandiosos e exigentes, necessitando de diferentes tipos de profissionais para cada etapa do trabalho.

Assim, por ser uma área que exige habilidades específicas e conta com uma grande demanda por profissionais qualificados, o profissional de TI precisa saber trabalhar em equipe e entender que existem pessoas qualificadas e especializadas em cada uma das etapas de trabalho.


3. Resiliência e flexibilidade

Tal qual a bolsa de valores, por exemplo, que cai e sobe a todo momento, o universo da Tecnologia da Informação também vive em constante necessidade de adaptação. Isso porque os projetos e tarefas exigem conhecimento técnico e muita atenção e precisão para que os problemas sejam resolvidos.

Desta forma é importante que o profissional da área tenha resiliência, que basicamente significa se adaptar e se recompor após qualquer tipo de problema. Além disso, é necessário que tenha flexibilidade para se adaptar após as quedas.

Portanto, a capacidade de adaptação e resiliência diz respeito a uma habilidade muito mais voltada ao emocional da pessoa, visto que determinados trabalhos e projetos podem exigir grande pressão. De que forma o profissional vai encarar isso? Será que ele tem potencial de realizar um bom trabalho mesmo em um contexto que não favoreça tanto seu bem estar emocional?


Todas essas habilidades devem ser de conhecimento do recrutador. Afinal, de nada adianta o profissional ser um ótimo gestor de equipes, saber trabalhar com diferentes pessoas, possuir pensamento analítico e uma ótima habilidade de resiliência e adaptação, se o recrutador não entender que precisa levar isso tudo em consideração.


Aqui na Huntz, nós entendemos que as soft skills precisam ser levadas em consideração na escolha de bons profissionais para ocupar vagas no setor tech!

Então, se você precisa contratar nessa área, conte com a gente.


Entre em contato e vamos conversar!


Gostou desse artigo? Compartilhe e deixe seu comentário!

CONFIRA TAMBÉM:




da Redação



15 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page